Ao chegar a hora da oração é uma boa prática, segundo as Tradições do Profeta Muhammad, fazer a Chamada para a Oração (ADAN), sendo nas Mesquitas obrigatório.

A pessoa põe-se de pé, voltada para “Quibla”, levantando ambas as mãos e colocando-as nos seus ouvidos, deve pronunciar em voz alta o seguinte:

  • Alláhu Akbar (Deus é Grande), repetindo quatro vezes;
  • Ash-hadu allá Iláha illalláh (Testemunho de que nada merece ser venerado excepto Deus), repetindo duas vezes;
  • Ash-hadu Anna Muhammadar Raçululllah (Atesto que Muhammad é Mensageiro de Deus), repetindo duas vezes;
  • Hayya Alas Saláh (Vinde à Oração), repetindo duas vezes, virando a cara para a direita;
  • Hayya Alal Faláh (Vinde ao Sucesso), repetindo duas vezes, virando a cara à esquerda;
  • Alláhu Akbar (Deus é Grande), repetindo duas vezes;
  • Lá Iláha Illalláh (Não há outra divindade senão Deus, dito uma vez.

Nota: Quando a chamada é feita para a oração da alvorada, é preciso acrescentar a seguinte frase logo a seguir ao ponto 5), que é a seguinte: ”As Salátu Khairum Minan Naum” (A oração é melhor do que o sono), repetindo duas vezes, continuando com os procedimentos dos pontos 6) e 7). Esta excepção apenas se verifica para a oração da manhã, com o intuito de porventura provocar um despertar na consciência ainda adormecida do crente.

Pesquisar