kabe hac 4O último pilar do Islão e uma das mais notáveis instituições é a “Hajj” ou a Peregrinação a Meca (Cidade natal do Profeta Muhammad), que tem lugar no último mês do calendário islâmico, Dul – Hijjah.

Esta peregrinação é obrigatória pelo menos uma vez na vida, para qualquer muçulmano, homem ou mulher, que for mental, financeira e fisicamente apto. O peregrino tem de ter possibilidades financeiras para cobrir os gastos pessoais e familiares, pagar as suas dívidas ou pelos menos aprovisionar as mesmas, até a peregrinação acabar.

Não é permitido ao crente contrair uma dívida para poder cumprir com este preceito, pondo em risco a sobrevivência da família.

A peregrinação a Meca tem, entre outras, as seguintes características:

  1. É a mais ampla convenção anual de Fé, em que os muçulmanos de diferentes origens se encontram e se conhecem, convivendo entre si. É também a maior manifestação de pazespiritual com carácter regular que a história da humanidade jamais conheceu. Durante a Peregrinação o tema predominante é a paz, e a oração; paz com Deus e com a própria alma, paz com os outros semelhantes. É estritamente proibido perturbar a pazmina da eytan talayan haclar dequalquer pessoa ou criatura, seja de que maneira for. A título informativo, esta peregrinação tem a participação de cerca de quatro milhões de pessoas.
  2. É uma demonstração integral da universalidade do Islão e da fraternidade e igualdade entre os muçulmanos. Em resposta à chamada de Deus, os muçulmanos de todas as esferas da vida, de todas as classes e profissões, vindas de todas as partes do mundo, reúnem-se em Meca. Vestem-se todos da mesma forma e com a mesma simplicidade. Não há realeza, mas sim devoção de todos a Deus. Não há aristocracia, mas humildade. O traje utilizado éo “ihram”, que é composto de dois panos brancos que caem pela frente e pelas costa no caso dos homens, ficando com a cabeça a descoberto e no caso das mulheres o “ihram” é composto por uma ampla capa e véu.
  3. É uma confirmação da dedicação dos muçulmanos a Deus e a sua disposição de abandonar os interesses materiais ao serviço d’Ele.
  4. Familiariza os peregrinos com a ambiente espiritual e histórico do Profeta Muhammad.
  5. Comemora os rituais divinos seguidos por Abraão e Ismael (Ibrahim e Ismail), que são conhecidos como os primeiros peregrinos à primeira casa consagrada a Deus nesta terra, a Caba em Meca.
  6. É uma lembrança da Grande Assembleia do Dia do Juízo Final, em que todos comparecerão perante Deus, em pé de igualdade à espera do seu Destino Final, sem poderem pretender nenhuma superioridade de raça ou de linhagem.

 

Pesquisar