Filologicamente, Saláh (oração) significa pedir, orar. A oração é o elo de ligação entre a criatura e o seu Senhor, na qual Lhe solicita e Lhe dirige as sua preces, venerando-O através da prostração e da genuflexão, sendo considerada como base fundamental da religião.

Reforça a fé na existência e na bondade de Deus; aviva a fé tornando-a construtiva na vida prática; ajuda o homem na compreensão das suas aspirações e a uma vida virtuosa; purifica o coração e conforta a alma; estimula os elementos positivos e honrados do homem, eliminando as tendências más e desonestas.

Wudhu

A prática da oração é obrigatória para qualquer muçulmano, quer seja do sexo feminino ou masculino, desde que seja adulto, são e responsável e, no caso das mulheres, fora do período menstrual ou do parto. O período máximo de ambos os casos é de dez e quarenta dias. Nesta situação as mulheres estão totalmente isentas da prática da oração.

A oração não é válida se não forem satisfeitas as seguintes condições: execução da ablução (wudú) que consiste em lavar as partes do corpo expostas às impurezas; limpeza de todo o corpo, bem como da roupa e do chão em que se reza, eliminando qualquer sujidade ou impurezas.

O vestuário deve ser escolhido de forma conveniente para satisfazer as regras morais, visando cobrir as partes mais íntimas.

O homem deverá ter o corpo coberto, pelo menos, do umbigo aos joelhos. No caso da mulher, deve-se cobrir todo o corpo, à excepção da cara das mãos e dos pés. Tanto o homem como a mulher devem evitar roupas transparentes enquanto orarem.

É condição essencial estar-se virada em direcção a Caba, em Meca – Quibla – que é a orientação comum para onde os fiéis muçulmanos se voltam para orarem.

São cinco as orações diárias que todo o muçulmano deve cumprir:

  • A oração da Alvorada (Salat’ul-Fajr), entre o despontar do dia e antes do nascer do sol;
  • A oração do Meio-dia (Salat’ul-Zuhr), que vai desde que o sol começa a declinar do seu Zénite até chegar aproximadamente à metade do caminho para o ocaso.
  • A oração do Meio da tarde (Salat’ul-Assr), entre o meio da tarde e antes do pôr-do-sol;
  • A oração do Pôr-do-Sol (Salat’ul-Magrib) que se realiza ao pôr-do-sol.
  • A oração da Noite (Salat’ul-Ishá), depois do pôr-do-sol, quando anoitece, até um pouco antes da alvorada.

Cabe mencionar que o Islão estabeleceu as horas das orações de maneira que a recreação espiritual coincida com a nutrição física de cada pessoa, combinando a paz do espírito com a descontracção do corpo. Todas estas orações podem ser feitas individualmente ou em congregação, não sendo obrigatório serem feitas na Mesquita.

method of Salah

Há ainda as orações da Sexta-feira (Jumua) e a dos dias festivos de IDE (ID’ul-Fitre, final do mês de Ramadão e Id’ul-Adhá, final da Peregrinação a Meca), que só podem ser feitas em congregação e nas Mesquitas.

Pesquisar